Um regime de tributação especial pode ajudar sua empresa ser mais competitiva

Lidar com as cargas tributárias não é fácil em nenhuma empresa. São inúmeras contribuições que custam uma parcela do provento dos empresários, fora o esforço de manter tudo em dia para deixar seu negócio legalizado. O Brasil especialmente é conhecido por um sistema tributário bem pesado e complexo, mas se conhecê-lo bem será capaz de tirar vantagem própria e até reduzir o valor do imposto pago. Isso porque será capaz de enquadrar sua empresa nos moldes mais adequados para pagar o mínimo de tarifas possível, e assim poderá driblar parcialmente esse empecilho financeiro e partir na frente da concorrência que apenas paga os tributos sem estudá-los.

Uma das ferramentas que está ao seu favor é o caso dos regimes de tributação especiais. Nessa modalidade a empresa é classificada de acordo com sua área de atuação e seu tributo é referente especificamente a esse setor. Ela substitui ou reduz as obrigações padrões por essa especialidade, mais acessível e que frequentemente tem uma taxa menor dependendo do ramo. Em suma é uma legislação diferenciada para alguns setores da economia a fim de simplificar os tributos.

Os principais tipos são: o Regime Especial de Incentivos para o Desenvolvimento da Infraestrutura (REIDI), o Regime Especial de Tributação para a Plataforma de Exportação de Serviços de Tecnologia da Informação (REPES) e o Regime Especial de Aquisição de Bens de Capital para Empresas Exportadoras (RECAP). Essa modalidade também pode funcionar através de incentivos fiscais regionais, do município ou estado, para gerar facilidades para o empresário, dependendo das necessidades do mercado local.

Como se beneficiar com o regime de tributação especial?

Esses regimes especiais existem para ajudar empreendimentos e também a movimentar a economia. As facilidades incentivam criação e expansão das organizações desse setor, aumentando o número de empregos, a competitividade do mercado e a proteção da economia local. Para o governo, descomplicar os tributos é sinônimo de arrecadar mais. Mesmo que eventualmente reduza o valor por empresa, isso aumenta o número de organizações que passarão a pagar os impostos. É uma situação onde os dois lados ganham.

Entrando no mérito particular da sua empresa, adotar um regime de tributação especial traz vantagens extras para tornas a sua empresa mais competitiva. Cada tipo de regime tem suas condições próprias, mas em suma possuem os mesmos benefícios. Eles incluem: adoção de crédito presumido, transferência de créditos acumulados, prazos diferenciados para pagamento de imposto, atenuação das bases de cálculo, diferimento ou suspensão da incidência do imposto e simplicidade no implemento das obrigações tributárias.

Assim você será capaz de perder menos tempo resolvendo questões tarifárias e ainda reduz seu imposto, sobrando mais receita para desenvolver sua empresa, baratear seus produtos e aumentar a margem de lucro. O fluxo de caixa com o regime especial é melhor e permite que a empresa tenha mais recursos para enfrentar o mercado e se destacar da competição.

Se gostou desse artigo, leia mais sobre gestão financeira no nosso blog e entre em contato conosco por telefone ou e-mail para te ajudarmos a encontra a solução ideal para o planejamento financeiro do seu negócio.