O planejamento tributário é essencial para gestão de sua empresa

Sinergia e rentabilidade repassada aos clientes: entenda como esse assunto impacta diretamente no negócio.

Saiba mais sobre essa ferramenta para gerir as questões fiscais do empreendimento de forma efetiva.

A gestão da empresa perpassa por vários fatores, imprescindíveis para o sucesso do negócio. E, entre as mais importantes está o planejamento tributário: ele ditará as melhores e efetivas formas de pagar menos impostos, trazendo rentabilidade ao negócio e confiança dos investidores acerca da organização interna empresarial.

Neste artigo iremos explorar exatamente isso: o planejamento tributário como ferramenta essencial para a gestão da empresa, não apenas no sentido de encontrar como pagar menos tributos, mas também como isso impacta em diversos outros setores do seu negócio. Aplicando-a, os resultados surgem exponencialmente. Acompanhe.

O impacto na empresa
O planejamento tributário é uma das ferramentas de gestão financeira que estão elencadas entre as prioridades de organizações líderes de mercado. Isto porque ela impacta diretamente no que conhecemos como regime tributário e permite que a empresa possa ter lucros reais a partir da diminuição dos impostos pagos pelo empreendimento.

Analisando espacialmente a empresa como uma célula orgânica também percebemos que ela incidirá em outro curso da organização: o repasse da exoneração tributária ao produto final a ser direcionado ao consumidor. Isto impacta diretamente o setor de vendas, que pode utilizar desse fator como diferencial competitivo. Mas, não para por aí.

A fraude fiscal é um problema que diversas empresas enfrentam justamente pela falta de planejamento tributário. Por conseguinte, a gestão empresarial necessita de aparatos legais para maximizar a produtividade interna. Resumindo: sem planejamento tributário torna-se impossível conseguir gerir de forma efetiva a empresa, pelo impacto que ela causa a outros setores.

Baixe este conteúdo em PDF

Informe seu email, clique em Baixar PDF e faça o download imediatamente deste artigo!

Como é aplicada?
Não só entender como o planejamento tributário afeta diretamente a gestão empresarial, mas como aplicar é indispensável para que o negócio tenha resultados concretos. Para isso, necessitamos de dois componentes básicos:

– Contabilidade: seja um profissional, departamento ou prestadora de serviço contábil, ter alguém que seja especializado no assunto traz mais segurança, agilidade e confiança para executar o planejamento tributário. Sem este componente fica difícil encontrar o melhor regime tributário e buscar benefícios fiscais – que também contribuem para menos impostos.

– Ferramentas de gestão financeira: atualmente é importante que as empresas tenham todos os dados contábeis – e isto se estende para o planejamento tributário – num só lugar. Com ferramentas, softwares e sistemas online (principalmente), diminui-se os erros humanos e permite que as informações sejam centralizadas.

Na sequência, é importante destacar como a gestão da empresa será afetada pelas duas formas de planejamento tributário: o estratégico e operacional.

– Estratégico: é a base do planejamento tributário e indispensável para gestão da empresa. Ele mostrará, como o próprio nome diz, as ações estratégicas sobre os impostos que o negócio paga, encontrando as soluções que abarcam várias características como o enquadramento da atividade, tamanho da empresa, entre outros.

– Operacional: com o planejamento tributário estratégico, o operacional poderá executar todas as premissas estabelecidas. Assim, essa é a forma ativa e prática de aplicar o planejamento tributário através do que fora estabelecido na estratégia adotada, permitindo que o negócio tenha benefícios diretos na gestão da empresa.

Conclusão
Não apenas essencial, mas indissociável da gestão financeira, o planejamento tributário deve ser adotado por qualquer empresa que busque crescer, estar de acordo com a lei e ter uma organização interna efetiva, transformando-o não apenas em mais uma empresa, mas numa referência no seu segmento de atuação.

Confira outros artigos do nosso blog e saiba mais sobre a ferramenta do Astecas que contribuirá para a gestão financeira do seu negócio.